Fotografia: Avelino Lima

Amares lança o Prémio Literário Francisco Sá de Miranda

As candidaturas decorrem até ao dia 23 de abril.

Rita Cunha
21 Mar 2019

Premiar «o melhor poeta vivo em língua portuguesa» é o grande objetivo do prémio Literário Francisco Sá de Miranda lançado, ontem, pela Câmara Municipal de Amares na Casa da Tapada, em Fiscal, num espaço onde viveu aquele poeta nos séculos XV e XVI. As candidaturas já se encontram abertas e decorrem até ao dia 23 de abril.

Destinado a autores de língua portuguesa que lançaram obras de poesia em 2017 e 2018, esta distinção tem ainda como propósito homenagear «o patriarca das letras», tal como ficou evidenciado na apresentação, bem como incentivar a criatividade literária e o gosto pela criação na modalidade de poesia.

«É um prémio universal, aberto a todos os autores, abarcando, por exemplo, Brasil, Moçambique, Guiné-Bissau, Macau e Timor», explicou Sérgio Sousa, presidente do júri.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up