Vídeo: Nuno Cerqueira

10 anos de presença em Famalicão.

Nuno Cerqueira
28 Fevereiro 2019

 

«Continuar». Esta foi a palavra de ordem mais vezes repetida durante o seminário que juntou na Casa do Território, no Parque da Devesa, várias instituições que orbitam em torno do Projecto Homem famalicense.

Prevenção, reinserção e redução de risco minimizando os danos são os eixos de dez anos do projeto em terras de Famalicão.

Uma avaliação «muito positiva» de um projeto que «tem que continuar» foi a principal nota dada durante mesa de debate que serviu de comemoração do décimo aniversário da presença do Projecto Homem (PH) no concelho de Vila Nova de Famalicão.

Sob o desígnio de três eixos – prevenção, reinserção e redução de riscos e minimização de danos – o Programa de Respostas Integradas (PRI) de Famalicão é visto ao longo destes últimos dez anos como fundamental para evitar, diminuir e retardar a idade do início do consumo, ou a diminuição dos consumos e redução de comportamentos de risco entre a comunidade local, tendo inclusive uma equipa de rua numa política de “outreach”.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]


Outros Vídeos

Scroll Up