Fotografia: DR

GNR detém três homens e apreende drogas e armas

Foram feitas buscas a nove habitações e sete automóveis.

Lusa
17 Fev 2019

Mais de meia centena de militares da GNR cumpriram 16 mandados de busca em Viana do Castelo e a operação resultou na detenção de três homens por posse de droga e armas, anunciou hoje fonte policial.

Em declarações à Lusa, o oficial de Comunicação e Relações Públicas do Comando Territorial de Viana do Castelo, João Viana, explicou entre “50 a 100 militares da GNR”, desde militares da investigação criminal, a militares do destacamento de intervenção e ainda um pelotão do grupo de intervenção e ordem pública realizaram este sábado, no concelho de Viana do Castelo, “16 mandados de busca”.

A operação policial, na qual se cumpriram 16 mandados de buscas, designadamente a nove habitações e sete automóveis, culminou na detenção de dois homens de 29 anos por posse de droga – um deles ficou “detido em cela por ter mais de 45 gramas de cocaína na sua posse” -, e na detenção de um terceiro indivíduo, de 57, anos por posse de arma proibida, acrescentou a mesma fonte da GNR.

Durante as buscas, a GNR apreendeu um total de 237 doses individuais de cocaína, 110 doses de haxixe, uma balança de precisão, duas facas utilizadas para cortar o produto estupefaciente, duas caçadeiras, duas carabinas, 45 munições de diversos calibres, três aerossóis de defesa (gás pimenta), uma besta, uma mira telescópica, dez telemóveis e um ‘tablet’ e 460 euros em numerário.

Esta ação, para além do Núcleo de Investigação Criminal de Viana do Castelo, contou ainda com o empenhamento da estrutura de Investigação Criminal dos Comandos Territoriais de Braga e Porto, do Destacamento de Intervenção de Viana do Castelo, do Grupo de Intervenção de Ordem Pública da Unidade de Intervenção e o apoio da PSP.





Notícias relacionadas


Scroll Up