Vídeo: Diário do Minho

Co-gestão avança.

Nuno Cerqueira
8 Fevereiro 2019

 

O ministro do Ambiente anunciou hoje, em Paredes de Coura, que os Parques Naturais e o √ļnico Parque Nacional no pa√≠s, o Peneda-Ger√™s, v√£o ter um novo modelo de co-gest√£o.

Segundo Jo√£o Pedro Matos Fernandes, o modelo resulta do projeto piloto de gest√£o colaborativa implementado no Parque do Tejo Internacional e vai ser apresentado na segunda-feira.

¬ęO que vamos fazer √© apresentar o que bem correu no Tejo Internacional, porque √© manifesto que quando o Instituto de Conserva√ß√£o da Natureza e das Florestas (ICNF), c√Ęmaras municipais, Organiza√ß√Ķes N√£o Governamentais (ONG), associa√ß√Ķes empresas, neste caso tamb√©m o Instituto Polit√©cnico de Castelo Branco, se sentam √† volta de uma mesa o que pareciam vis√Ķes completamente contrastantes s√£o nuances de uma mesma vontade que √© conservar e valorizar o territ√≥rio¬Ľ, destacou hoje o ministro do Ambiente.

João Pedro Matos Fernandes referiu vai muito rapidamente agendar a aprovação do decreto-lei que define a co-gestão das áreas protegidas e dos parques naturais do país.

¬ęCom a nova legisla√ß√£o, ser√£o nomeadas, em cada parque natural e em cada √°rea protegida, dire√ß√Ķes que ser√£o presididas por um autarca, mas onde as compet√™ncias de licenciamento do ICNF n√£o se perdem e ficam tal qual as que eram e s√£o hoje √† luz da lei¬Ľ, disse, destacando que ¬ępassar√° a existir uma cara e uma vontade de valorizar o territ√≥rio em prol da sua conserva√ß√£o¬Ľ.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]


Outros Vídeos

Scroll Up