Fotografia: DR

Rali de Fafe com Sordo

Dani Sordo marca presença.

Redação
4 Fev 2019

A32.ª edição do Rali Serras de Fafe, primeira prova pontuável para o Nacional de Ralis, foi apresentado, hoje de manhã, no Arquivo Municipal de Fafe, onde os três “oradores” foram unânimes em considerar que a presença do espanhol Dani Sordo é uma «mais-valia» para a prova.

A edição de 2019 terá algumas novidades – a “Street Stage” terá um novo percurso, mais 800 metros de prova e passagem por em São Pedro, troço que não se fazia «há alguns anos», destacou Carlos Cruz, presidente da Demoporto, entre outras –, mas a presença de Dani Sordo, que costuma fazer-se acompanhar por muitos amantes da modalidade, é o “prato forte” de uma terra que tem a famosa vitela de Fafe como ícone.

«Esta prova traz algumas novidades, como a recuperação de alguns troços que foram emblemáticos de Fafe. O que se procura todos os anos é procurar motivos de interesse e inovação», destacou o presidente da autarquia fafense, Raul Cunha.

«Temos a presença de um piloto do Campeonato do Mundo e, claro, isso traz um maior impacto turístico, porque virão, certamente, mais espectadores. A presença dele enriquece a prova, dá mais visibilidade e acrescenta valor», vincou o edil fafense.

A presença de Dani Sordo e Carlos del Barrio, aos comandos de um Hyundai  i20 R5, idêntico ao de Bruno Magalhães e Hugo Magalhães e ao da dupla Campeã de Portugal, Armindo Araújo e Luís Ramalho, traz, todavia, algumas preocupações, todas elas relacionadas com a segurança.

«Dores de cabeça destas são sempre bem-vindas», destacou Raul Cunha. Já Carlos Cruz, da organização, refere que será preciso «reajustar» e talvez «reforçar» o número de polícias e “marshals” e, se for necessário, acrescentar elementos «em função do aumento do número de espectadores». Esse dossier está a ser estudado mas não existe alarme, até porque os locais em que é previsível que «ocorram mais espectadores» estão identificados, até porque é para esses troços (Salto da Pedra Sentada, por exemplo) que os espanhóis se costumam dirigir aquando da realização do Rali de Portugal.

«A presença do Dani Sordo é mais um pouco mais de pimenta que iremos colocar na comida. Sabemos os locais, estão identificados e sabemos onde temos de reforçar o policiamento», finalizou Carloz Cruz.
O Rali Serras de Fafe realiza-se nos dias 22 e 23 deste mês, e é pontuável para o Campeonato Norte de Ralis, Troféu Europeu de Ralis, Troféu Ibérico de Ralis, ERT e Campeonato de Portugal de Ralis.





Notícias relacionadas


Scroll Up