Fotografia: DR

Mais de 400 mil euros investidos em mobilidade urbana nos Arcos

Mobilidade suave.

Redação
4 Fev 2019

A Câmara de Arcos de Valdevez informou hoje ter investido mais de 400 mil euros em mobilidade urbana com a criação de uma rede ciclável e pedonal com cerca de 800 metros de extensão.

Em comunicado, aquela autarquia do distrito de Viana do Castelo explicou que o investimento, financiado por fundos do Norte 2020, “visou a beneficiação das condições de circulação para peões e ciclistas do troço de estrada entre a antiga escola primária de Guilhadeses e o centro cívico da mesma freguesia, numa extensão total de cerca de 800 metros”.

O projeto incluiu “a execução de uma ligação entre o IC28 e o parque empresarial de Mogueiras” devido “aos problemas existentes na mobilidade urbana, em especial da mobilidade pedonal nas ligações da periferia ao centro urbano, isto é, nas entradas sudoeste e norte da sede do concelho”.

“Este novo troço faz parte da visão estratégica municipal com o objetivo, por um lado, de dar continuidade à rede de ecovias existentes e, por outro, criar uma rede de percursos e corredores ciclável na área urbana e periurbana que ligue os principais equipamentos públicos, parques e áreas verdes”, especificou o município.

Segundo a autarquia, o investimento agora concluído “permitiu criar novos percursos de rede ciclável e pedonal interna que ligam às já existentes ao longo das margens do rio Vez, nomeadamente a ecovia, que circunda a vila de Arcos de Valdevez, ligando o centro urbano a localidades como Jolda (S. Paio), Gondoriz, S. Cosme e S. Damião, Sá, Loureda e Sistelo”.





Notícias relacionadas


Scroll Up