Fotografia: DR

Armas e munições apreendidas a suspeito de violência doméstica

O suspeito foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

Redação
31 Jan 2019

Duas armas de fogo e 170 munições foram apreendidas pela GNR, na Póvoa de Lanhoso, no âmbito de um processo de crime de violência doméstica.

A investigação, que durou quatro meses, foi despoletada devido a uma denúncia de violência doméstica em que a vítima, uma mulher com 60 anos de idade, e os seus filhos eram ameaçados pelo seu marido, um homem de 65, revelou a GNR em comunicado.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up