Fotografia: DM
D. Jorge considera um desafio a realização em Portugal da Jornada Mundial da Juventude

Arcebispo de Braga presidiu à instituição de três acólitos.

Jorge Oliveira
27 Jan 2019

O Arcebispo de Braga disse, hoje, que a realização da Jornada Mundial da Juventude em Portugal, em 2022, é uma «boa notícia» para a Igreja portuguesa, mas ao mesmo tempo um «grande desafio» e uma «grande responsabilidade».

D. Jorge Ortiga falava à margem da cerimónia de instituição de três jovens seminaristas da Arquidiocese de Braga no Ministério do Acólito, na Igreja do Seminário Conciliar de S. Pedro e S. Paulo.

O prefeito do Dicastério para os Leigos, Família e Vida, organismo do Vaticano, organismo do Vaticano, anunciou que a capital portuguesa vai receber em 2022 a Jornada Mundial da Juventude, considerada o maior evento organizado pela Igreja Católica.

A decisão foi recebida com uma salva de palmas pelas centenas de milhares de participantes na Missa conclusiva da Jornada Mundial da Juventude, na Cidade do Panamá.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up