Fotografia:

Recolha seletiva de resíduos aumentou 8% em 2018 na Braval

Braval recolheu 17 242 toneladas de resíduos recicláveis.

Redação
25 Jan 2019

Em 2018, a Braval recolheu 17 242 toneladas de resíduos recicláveis nos ecopontos existentes na área de abrangência desta empresa multimunicipal (Amares, Braga, Póvoa de Lanhoso, Terras de Bouro, Vieira do Minho e Vila Verde), mais 1287 toneladas do que em 2017.

Este expressivo aumento, na ordem dos 8%, estabelece um novo recorde desde o início desta atividade por parte da Braval no ano 2000, quando foram recolhidas 1000 toneladas.

No total, os resíduos valorizáveis (vidro, papel e embalagens), junta- mente com a recolha de outros resíduos recicláveis (Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) e Pilhas e Acumuladores, Círios e Velas e Óleos Alimentares Usados), bem co- mo os pneus usados recebidos, atingiram cerca de 19 209 toneladas.

«Este resultado é extremamente positivo. Em 2018, a quantidade de resíduos recolhidos para valorização aumentou em quase todos os fluxos, relativamente a 2017, o que dá bons indicadores no que diz respeito ao cumprimento das metas de reciclagem para 2020, no entanto, ainda não é suficiente», refere Pedro Machado.

 

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up