Fotografia: Avelino Lima

Cerveira recupera castelo por três milhões

Interessados podem apresentar propostas até 5 de junho de 2019.

Alexandre Gonzaga
18 Jan 2019

Foi lançado hoje o concurso público para a concessão do Castelo de Vila Nova de Cerveira, ao abrigo do programa Revive. Os investidores interessados podem apresentar propostas até 5 de junho de 2019.

Na sede do concelho do Alto Minho, o ministro Adjunto e da Economia sublinhou que, «mais do que recuperar o imóvel, trata-se de utilizar este património como elemento distintivo dos nossos territórios e promotor esterno do nosso país. O programa Revive visa, portanto, recuperar e dar uma nova utilização a um património abandonado».

Pedro Siza Veiria, que presidiu ontem à cerimónia do lançamento do concurso público para a concessão do imóvel, estima que sejam investidos cerca de 3 milhões de euros para as obras de requalificação do conjunto amuralhado e a sua adaptação à atividade turística.

O Castelo de Vila Nova de Cerveira possui estilo gótico, foi construído em 1320 por ordem do rei D. Dinis, e alberga a antiga Igreja da Misericórdia, a antiga Casa dos Governadores, a cadeia e outros anexos. Este complexo foi adaptado a pousada entre 1982 e 2008.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up