Fotografia: Nuno Cerqueira

Pinheiro manso agitou Sardoal e levou à intervenção da PSP

A árvore, de grande porte, configura uma ameaça para a segurança de bens e pessoas.

Nuno Cerqueira
11 Jan 2019

A Polícia de Segurança Pública de Braga teve que ser chamada para manter o normal decurso de um abate de árvore, hoje, na zona de Guadalupe, na freguesia de São Victor, no centro histórico de Braga.

Tudo porque um grupo de pessoas se manifestava contra o abate, um pinheiro manso de grande porte, e tentou impedir a ação, chegando mesmo a colocar em causa a segurança de um trabalhador que fazia trabalho vertical.

O “pinus penea”, situado numa propriedade privada, já há muito que coloca em causa a segurança de pessoas e bens no espaço, levando à decisão de abate.

A contestação começou no facebook e teve epicentro físico na rua do Sardoal.

Num relatório da Divisão da Proteção Civil da câmara de Braga, a que o Diário do Minho teve acesso, a situação do pinheiro configura em «sério risco para a segurança de pessoas e bens».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]

 





Notícias relacionadas


Scroll Up