Fotografia: DR

Paulo Gonçalves mantém 11.º lugar no Dakar após a segunda etapa

Pilotos de Esposende e Barcelos no Dakar.

Redação / NC
9 Jan 2019

O piloto de Esposende Paulo Gonçalves (Honda) foi hoje o melhor português na segunda etapa do Rali Dakar, disputada entre Pisco e San Juan de Marcona, no Peru, mantendo o 11.º lugar das motas.

O piloto da Honda cedeu 14.12 minutos para o vencedor, o austríaco Mathias Walkner (KTM), que gastou 3:23.57 horas a cumprir os 342 quilómetros cronometrados, e está agora a 19.12 minutos do líder, o espanhol Joan Barreda (Honda), que não foi além do terceiro posto hoje, a 1.41 minutos de Walkner.

«Foi uma especial já bastante longa. Os carros partiam na frente e isso fez com que o piso ficasse bastante estragado. Havia muita areia e dunas, mas também tivemos 60 quilómetros de pista e, aí, o piso estava bastante degradado. Havia muito pó e tivemos de ultrapassar muitos carros», começou por explicar Paulo Gonçalves.

Mário Patrão (KTM) foi o segundo melhor português, na 23.ª posição, a 30.23 minutos, com o barcelense Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) a 39.03 minutos, na 32.ª posição. Patrão ultrapassou o piloto de Barcelos na classificação geral. O homem da KTM é 32.º e Quim Rodrigues Jr. o 33.º, já a 47.40 minutos do líder.

Na quarta-feira disputa-se a terceira etapa, entre San Juan de Marcona e Arequipa, com um total de 798 quilómetros e uma especial cronometrada de 331 quilómetros.





Notícias relacionadas


Scroll Up