Fotografia: Alexandre Gonzaga

Ortodoxos ucranianos ponderam celebrar o Natal no dia 25 de dezembro

Comunidade de Leste celebrou o Natal e ouviu a primeira mensagem do novo Metropolita Ucraniano, Epifânio.

Alexandre Gonzaga
7 Jan 2019

A recém criada Igreja Ortodoxa da Ucrânia (IOU) poderá vir a celebrar o Natal no dia 25 de dezembro, tal como acontece na Igreja Católica Ocidental (de Rito Latino), numa decisão que afetará «positivamente» a comunidade ucraniana em Portugal.

«O novo Metropolita de Kiev e da Ucrânia, Epifânio, auscultará o povo ucraniano para saber se se decide pela adoção do dia 25 de dezembro para a celebração natalícia, abandonando a comemoração litúrgica do dia 7 de janeiro, de acordo com o Calendário Juliano seguido pela maioria das igrejas ortodoxas», contou ao Diário do Minho o padre Dmytro Tkachuk no final da divina liturgia, que reuniu pela manhã, na Igreja da Lapa, alguns membros da comunidade do Leste europeu a residirem no Minho.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up