Fotografia: DR

Empresa de reciclagem de desperdícios têxteis de Ribeirão investe 2ME em nova linha

Sasia está instalada no concelho de Famalicão.

Redação
28 Dez 2018

Uma empresa dedicada à reciclagem de desperdícios de indústria têxtil em Vila Nova de Famalicão investiu dois milhões de euros numa “nova e moderna” linha que vai aumentar a sua capacidade produtiva, disse hoje a autarquia famalicense.

Em comunicado, a câmara de Famalicão explica que a Sasia além do aumento da capacidade produtiva, em 20% vai também “melhor a eficiência energética” com a nova estrutura.

“Esta nova linha de reciclagem entrou em funcionamento no início deste mês de dezembro e não contou com qualquer financiamento comunitário”, adianta o texto.

A Sasia, fundada em 1952, dedica-se à reciclagem de desperdícios da indústria têxtil, transformando-os em ramas e conta com cinco linhas de reciclagem em Ribeirão.

A unidade fabril, que ocupa 15 mil metros quadrados e emprega 30 trabalhadores, em três turnos.

“Importamos de todo o mundo América Latina e Ásia incluídas, resíduos pré-consumo de algodão ou fibras artificiais que desfibramos e reciclamos em ramas destinadas a segmentos de mercado muito diferentes. Podem ser usadas tanto na construção de pisos e de autoestradas como no fabrico de algodão hidrófilo e colchões, ou como matéria-prima pelas fiações”, explica, no texto, o administrador daquela empresa, Miguel Ribeiro da Silva.

Segundo o responsável, a Sasia tem sido “muito solicitada” a colaborar com o seu ‘know how’ em projetos sustentáveis: “Os consumidores estão cada vez mais preocupados com a escassez de recursos e as empresas procuram corresponder a essa preocupação. A economia circular está na moda, mas nós já somos sustentáveis desde 1952”, sublinha.

A Sasia prevê fechar o exercício de 2018 com um volume de negócios de cinco milhões de euros, dos quais cerca de 50% feito na exportação.





Notícias relacionadas


Scroll Up