Fotografia: Nuno Cerqueira

Viana quer construir ligação de 6,3 ME euros entre a A28 e o Vale do Neiva

Obra vai beneficiar Barcelos.

Redação
12 Dez 2018

O presidente da Câmara de Viana do Castelo apresentou  publicamente o estudo prévio de uma nova ligação entre o Vale do Neiva e a autoestrada A28, orçada em 6,3 milhões de euros a candidatar ao Portugal 2030.

«Trata-se de um projeto que está preparado para ser um dos projetos prioritários do [próximo apoio comunitário] Portugal 2030 e é para isso que vamos trabalhar», afirmou José Maria Costa na conferência de imprensa hoje realizada na Junta de Freguesia de Barroselas, para apresentação do estudo prévio da nova via que terá uma extensão de 5,2 quilómetros, tendo as duas vias de rodagem uma largura de sete metros.

O socialista, que falava acompanhado dos presidentes de junta das quatro freguesias do concelho de Viana do Castelo que integram o Vale do Neiva-Barroselas, Vila de Punhe, Mujães e Alvarães – referiu que «a nova estrada se enquadra nos objetivos temáticos do Portugal 2030 de melhorar os fatores de competitividade das regiões».

«É um bom projeto, bem sustentado, bem alicerçado e que vai contribuir para um desígnio nacional de aumentar as exportações, a competitividade dos territórios e a coesão do todo nacional», reforçou.

José Maria Costa sublinhou que a nova ligação «vai servir cerca 30% da população de Viana do Castelo e cerca de 30% da atividade económica do concelho».

«Dados de 2017 do Instituto Nacional de Estatística (INE) dizem que Viana do Castelo representa 1,5% das exportações nacionais. Cerca de 0,5% das exportações nacionais saem desta região», frisou.

Segundo José Maria Costa a nova estrada vai «apoiar as exportações, ajudar à fixação de novas empresas, aumentar a competitividade e rapidez das empresas no acesso aos portos, aeroportos e plataformas logísticas e, também por ir ao encontro dos anseios das populações, reduzindo problemas de sinistralidade e de congestionamento de tráfego nas estradas nacionais e municipais existentes».

O autarca sublinhou que a nova ligação «não servirá apenas o Vale do Neiva», mas também, «pela proximidade, parte do concelho vizinho de Barcelos».

O investimento entre terraplanagens, drenagens, pavimentos, redes e iluminação, equipamentos de sinalização e segurança, ascende a 4,85 milhões de euros, correspondendo as expropriações a um total de 1,5 milhões de euros.

Integrado na estratégia de valorização e desenvolvimento do Vale do Neiva, o município de Viana do Castelo programou para este mandato um conjunto de projetos e ações com vista a melhorar a competitividade deste espaço territorial.

O presidente da Junta de Barroselas, Rui Sousa, que falou em representação das restantes autarquias do Vale do Neiva, disse tratar-se de «um passo fundamental para a capacitação de um território com muitas potencialidades», atualmente confrontado com «acessos complicados à A28».

Rui Sousa adiantou que aquelas autarquias vão estar «ao lado da Câmara Municipal na luta pela concretização da ligação».

O acesso da A28 ao Vale do Neiva é uma nova ligação da A28 / Zona Industrial do Neiva à área empresarial do Vale do Neiva e visa melhorar a acessibilidade de pessoas e bens às empresas que estão situadas neste território.

A nova via rodoviária vai ainda eliminar pontos negros e a circulação condicionada para veículos pesados no interior da freguesia de Alvarães, melhorando a segurança rodoviária em todo o Vale do Neiva.





Notícias relacionadas


Scroll Up