Fotografia: DR

“Era uma vez uma Cidade” na Torre de Menagem é o local mais visitado na cidade

Elaboração dos conteúdos contou com o apoio logístico do Museu D. Diogo de Sousa e do Museu Pio XII.

Redação
10 Dez 2018

A exposição “Era uma vez uma Cidade”, patente na Torre de Menagem, em Braga, recebeu num ano 25 mil visitantes, tornando-se o espaço cultural mais visitado do universo municipal, divulgou hoje a autarquia.

Em comunicado, a Câmara  de Braga refere que aquela contabilização não inclui os visitantes de dezembro e que o mês com mais visitantes foi agosto (4339).

«Uma das nossas linhas de ação é a promoção da identidade. É isso que temos desenvolvido com o programa ‘À Descoberta de Braga’, com o Serviço Educativo Integrado, com a nossa iniciativa editorial ou com eventos como a Braga Romana ou a Braga Barroca. A Torre de Menagem e a exposição que aqui se encontra é um complemento a todo este trabalho que temos desenvolvido e que já está a dar frutuosa», explica no texto a vereadora da cultura, Lídia Dias.

Segundo a responsável, os resultados conseguidos «não apenas confirmam a opção do município para um espaço que se encontrava arredado da vida dos bracarenses mas também criam a obrigação de potenciar uma oferta mais significativa nas áreas da História e do Património».

O espaço, «batizado como Núcleo Interpretativo da História de Braga propõe uma versão ilustrada da história, protagonistas e evolução urbana de Braga, através do talento do ilustrador Bracarense César Figueiredo», aponta o município.

Mais de oitenta ilustrações, distribuídas ao longo de quatro pisos, permitem um percurso pelos dois mil anos de história da cidade de Braga.

A elaboração dos conteúdos contou com a colaboração de uma dezena de investigadores, além do apoio logístico do Museu D. Diogo de Sousa e do Museu Pio XII.





Notícias relacionadas


Scroll Up