Fotografia: Avelino Lima

Processo da Capital da Cultura vai definir o futuro de Braga

A candidatura de Braga a Capital Europeia da Cultura em 2027 é assumida pelo Município como «um processo de afirmação da cidade».

Joaquim Martins Fernandes
7 Dez 2018

A Câmara Municipal de Braga lançou hoje, oficialmente, o processo da candidatura a Capital Europeia da Cultura, em 2027.

A simbólica empresa “A Fundição de Sinos de Braga” foi o espaço escolhido para a divulgação pública do trabalho que já foi desenvolvido «desde há vários meses» e que vai continuar durante o próximo ano, para a capital minhota entregue na Comissão Europeia «uma candidatura forte, para que Braga seja contemplada com a CEC, que volta a Portugal em 2027», disse o presidente Ricardo Rio.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up