Fotografia: DR
“A Estalajadeira” sobe a proscénio no Teatro Sá de Miranda

Em cena de 14 a 22 de dezembro.

Redação
6 Dez 2018

A comédia “A Estalajadeira”, com encenação de Ricardo Simões, sobe à cena no Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo, no próximo dia 14 de dezembro, às 21h30.

Com tradução de Jorge Silva Melo e dramaturgia de Alexandra Moreira da Silva, Ricardo Simões, o encenador e diretor artístico da companhia vianense, propõe uma metaforização da escala social que tanto pode ser a do século dezoito italiano, como a da atualidade portuguesa, através de um espaço cénico imersivo que transforma o público em cúmplice das peripécias do enredo goldoniano, numa comédia que tem tanto de paródia como de surpreendente.

Estreada em 1752, em Veneza, “A Estalajadeira” é a obra mais representada de Carlo Goldoni e Mirandolina, a dona da estalagem, um dos mais importantes papeis femininos do teatro contemporâneo, talvez porque uma das questões que a peça suscita é: como pode uma mulher solteira trabalhar num mundo de homens em que todos a querem seduzir?

O espetáculo “A Estalajadeira” estará em cena de 14 a 22 de dezembro, de quarta a sexta às 21h30 e aos sábados às 16h00 e às 21h30, no Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo. Os bilhetes podem ser reservados através do email tmsm@cm-viana-castelo.pt.

A interpretação é dos atores Adriel Filipe, Alexandre Calçada, Alexandre Martins, Ana Perfeito, Elisabete Pinto, Hugo Rendas, Pedro Fiúza, Sofia Bernardo, Tiago Fernandes. A cenografia e a iluminação são de Antonio Simón, a sonoplastia de José Prata e os figurinos de Juliana Vilaça (investigadora MeDeIn – ESTG/IPVC), naquela que é já a 137ª criação do Teatro do Noroeste – CDV.




Notícias relacionadas


Scroll Up