Fotografia: Nuno Cerqueira
Câmara tenta aprovar a fundos europeus ciclovia que vai ligar Antas e Rio de Moinhos

Vai custar 2,2 milhões de euros.

Nuno Cerqueira
21 Nov 2018

A Câmara de Esposende e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) vão submeter a fundos europeus obra que vai ligar e ciclovia Rio de Moinhos (Marinhas) a Antas.

Segundo nota de imprensa da autarquia, a obra em causa ascende aos 2,2 milhões de euros sendo que a APA e Município tem 350 mil euros para investir na obra.

«Prevê-se, logo que a candidatura seja aprovada, o lançamento de concurso e o início dos trabalhos, a ocorrer previsivelmente até ao final do primeiro semestre de 2019», diz a Câmara de Esposende em nota de imprensa.

O Município acredita que «com a execução desta intervenção estará a promover-se a minimização dos riscos de erosão costeira que se faz sentir nesse troço do litoral», acrescentando que o projeto prevê «a instalação de uma estrutura de defesa ativa na zona de Belinho, no troço onde se verifica a ocorrência dos maiores riscos de galgamento».

«Vai-se realizar também a colocação de uma estrutura barreira que permitirá um mais adequado ordenamento do território, permitindo, dessa forma, a minimização do pisoteio desregrado e, assim, a recuperação do próprio sistema dunar. Esta estrutura percorre cerca de 6Km entre Rio de Moinhos e Antas e representará a última fase da Ecovia do Litoral na zona norte do concelho», lê-se na mesma nota de imprensa.

«Tanto a Ecovia do Litoral Norte como a Ecovia do Cávado Homem constituem ativos da maior relevância para o Município, nomeadamente ao nível do ordenamento, da proteção ativa do litoral e das margens do rio e, naturalmente, também ao nível turístico», frisa o edil Benjamim Pereira, para quem «a qualidade de vida de um território também passa pela criação de infraestruturas desta natureza».

 





Notícias relacionadas


Scroll Up