Fotografia: SCB

? Tiago Sá diz que o Sp. Braga pode tirar coisas positivas da derrota no Porto

Tiago diz que o SC Braga está focado já no jogo com o Praiense.

Redação
14 Nov 2018

O guarda-redes do Sp. Braga, Tiago Sá, considerou que, apesar da derrota no Porto, a equipa pode tirar coisas positivas desse jogo da 10.ª jornada da I Liga de futebol.

O Sp. Braga desperdiçou algumas oportunidades claras para se adiantar no marcador, duas delas com as bolas a embaterem na barra.

«Não creio que tenha falhado nada, mas também já digerimos a derrota e o facto de não termos trazido pontos do Porto. Já foi dito que fizemos um bom jogo, tirámos muitas coisas positivas daquele jogo, vamos aproveitar várias coisas e agora o pensamento já está no Praiense», jogo da quarta eliminatória da Taça de Portugal, em 25 de novembro.

Questionado sobre se, nesse jogo, se defrontaram as duas melhores equipas da Liga, Tiago Sá alargou o leque: «O nosso campeonato tem equipas muito fortes, este ano está a ser um campeonato muito competitivo, não só o Sp. Braga, FC Porto, Sporting CP ou Sport Lisboa e Benfica, mesmo quem está mais abaixo, o Rio Ave FC por exemplo, tem apresentado muita qualidade».

O jovem guarda-redes, de 23 anos, que falava à margem de uma visita de uma delegação do clube à escola EB 1 de S. Vítor, disse ainda que «uma derrota é sempre uma derrota» e que «ninguém joga para perder», mas que os jogadores saíram do Porto  «com a consciência tranquila» de que fizeram «tudo para trazer pontos».

Tiago Sá frisou ainda a felicidade por ser titular da baliza ‘guerreira’.

«Estou muito feliz. Infelizmente entrei devido a uma lesão do Matheus, mas sabia que estava preparado para esta oportunidade. Vou continuar a trabalhar da mesma forma como trabalhei até aqui, porque é esse trabalho que me vai levar mais longe e às conquistas com este clube», disse.

Sobre a seleção nacional, Tiago Sá disse ser «um objetivo e um sonho» chegar à seleção nacional, mas «a seu tempo».

«É um sonho que qualquer jogador que esteja no Sp. Braga pode ter. Este clube alimenta muito as seleções jovens e também, num passado recente, a equipa principal. É um objetivo, mas não penso muito nisso, as coisas acabam por acontecer a seu tempo», concluiu.





Notícias relacionadas


Scroll Up