Fotografia: DR

Morreu a provedora da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães

O corpo de Noémia Carneiro encontra-se em câmara ardente na Igreja de Santo António dos Capuchos.

Redação
12 Nov 2018

Morreu a provedora da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães, Noémia Carneiro.  O presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, já veio a público manifestar pesar.

Noémia Carneiro, nasceu em Guimarães em 1953, foi também professora da Universidade do Minho e era uma figura incontornável da socidade vimaranense.

Recebeu há dois anos a Medalha de Mérito Social Municipal na sessão solene evocativa no âmbito das comemorações do “24 de Junho – Dia Um de Portugal”.

A partir de 1980, desenvolveu a sua  atividade profissional na Universidade do Minho e, nove anos depois, foi nomeada Professora Associada do Departamento de Engenharia Têxtil, passando a ser Diretora do referido Departamento em janeiro de 2013, cargo que desempenhou até então.

Após diferentes intervenções em associações locais juvenis, teve a sua primeira participação no associativismo local na Direção da Muralha Associação de Guimarães para a Defesa do Património, cujos órgãos sociais integrou durante mais de vinte anos consecutivos, com particular empenhamento na defesa e valorização do património concelhio. No mandato 2004/2006, fez parte ainda do Conselho Vitoriano, órgão do Vitória Sport Clube.

Por convite da então Presidente da Assembleia Geral, passou a integrar a Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia no início do corrente século, passando a exercer as funções de Provedora em 2004.

Em nota de imprensa, a Câmara referiu que «a sua competência técnica, o seu humanismo, o seu espírito modernizador e o seu idealismo social foram fundamentais para a construção da realidade presente da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães».

«Particularmente na modernização das práticas de gestão, conservação e recuperação do seu edificado patrimonial, na sustentabilidade da instituição com aproveitamento das suas instalações para novos equipamentos na área da saúde, e na humanização dos cuidados prestados aos utentes das múltiplas unidades geridas pela Santa Casa», lê-se.

Atualmente integrava, ainda, o Secretariado Regional da União das Misericórdias Portuguesas, no âmbito do qual marcou presença com comunicações em diversas conferências e seminários sobre economia social, qualidade nas IPSS e políticas de recuperação, preservação e divulgação de património.

O corpo de Noémia Carneiro encontra-se em câmara ardente na Igreja de Santo António dos Capuchos, local onde vão decorrer as cerimónias fúnebres esta terça-feira, 13 de novembro, às 15h30 horas, indo depois a sepultar no Cemitério Municipal da Atouguia.





Notícias relacionadas


Scroll Up