Fotografia: Nuno Cerqueira

Menor entre os detidos de gangue violento que fez mais de 95 Km a roubar ouro a idosas em plena rua

As vítimas, entre Chaves e Vieira do Minho, ficaram feridas face à violência dos assaltos.

Nuno Cerqueira
1 Nov 2018

Roubaram um carro em Guimarães, assaltaram idosos com violência em Chaves, Montalegre e Vieira do Minho. Acabaram detidos depois de fuga à GNR de Vieira do Minho numa perseguição a alta velocidade durante seis quilómetros. Tudo isto no mesmo dia.

A situação foi divulgada hoje pelo comando distrital da GNR de Braga, sendo que entre os três detidos há um menor de 14 anos.

Ao que foi possível apurar pelo Diário do Minho junto da autoridade, o gangue compostos, para além do menor, por dois adultos, com 18 e 31 anos de idade, recorria à violência para roubar o ouro a idosas.

Após vários assaltos, entre Chaves e Montalegre e deixando as vítimas feridas, os ladrões pararam em Vieira do Minho para novo furto em via pública. Após marcar a vítima, que trazia ouro à vista, os assaltantes realizaram a abordagem com recurso a violência e levaram o ouro.

«Após o alerta de ter ocorrido um roubo na via pública, em Vieira do Minho, a GNR efetuou uma operação policial para localizar e deter os suspeitos. A viatura em fuga acabou por ser detetada na Estrada Nacional (EN) 103, no sentido Montalegre / Póvoa de Lanhoso, iniciando-se a perseguição aos indivíduos», confirmou a GNR, acrescentando que o gangue foi intercetado e detido numa “barragem de estrada”, na freguesia de Tabuaças, já na fronteira com o concelho da Póvoa de Lanhoso.

«Realizadas algumas diligências apurou-se que este grupo está indiciado de ter praticado, no mesmo dia, quatro roubos: um em Chaves, outro em Montalegre e dois em Vieira do Minho», informaram os militares, confirmando que o modus operandi dos indivíduos «consistia em abordar as vítimas vulneráveis, todas mulheres idosas, e, com recurso à violência física, manietavam e arrancavam o ouro que tivessem visível, nomeadamente, alianças, brincos e pendentes de fios».

As vítimas destes assaltantes ficaram com escoriações na face, pescoço e mãos, tendo recebido tratamento hospitalar.

«Em resultado das detenções foi recuperado o ouro roubado, assim como, foi apreendida a viatura utilizada na prática dos crimes, a qual tinha sido furtada em Guimarães», acrescentou a GNR.

Os dois indivíduos adultos estão detidos nas instalações da GNR, até serem presentes, amanhã, dia 2 de novembro, no Tribunal Judicial de Guimarães, enquanto que o menor vai ficar à guarda de uma instituição, até ser presente amanhã, pela GNR, no Tribunal de Família e Menores em Vila Nova de Famalicão.





Notícias relacionadas


Scroll Up