Fotografia:

Exército quer medidas para atrair militares

Guimarães recebeu demonstração de meios.

28 Out 2018

O novo Chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), general Nunes da Fonseca, apelou, ontem, em Guimarães, à adoção de medidas de atração e retenção de voluntários e operacionais para inverter a diminuição de efetivos.

«Urge implementar dinâmicas de atração e retenção de militares nos regimes de contrato e voluntariado, de modo a inverter a presente tendência de diminuição progressiva de efetivos», defendeu, em Guimarães, o general José Nunes da Fonseca, na sua primeira intervenção pública como CEME, na cerimónia militar que assinalou o encerramento das celebrações do Dia do Exército, no Campo de S. Mamede, em Guimarães.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up