Fotografia: DR/Arquivo

Funcionários manifestaram-se à porta da Secundária Alberto Sampaio

Paralisação decorreu até às 10h30.

Redação
9 Out 2018

Um grupo de funcionários da Escola Secundária Alberto Sampaio esteve hoje de manhã em ação de protesto em frente aquele estabelecimento de ensino.

A principal razão deveu-se ao facto da escola ter um «défice de funcionários».

A paralisação decorreu até às 10h30 sendo que o protesto acabou por apanhar de surpresa a comunidade escolar daquele estabelecimento de ensino, um dos principais da cidade de Braga.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]

 





Notícias relacionadas


Scroll Up