Fotografia: DR
Servente detido pela PJ depois de atear fogo a dois locais distintos

Detido tem 40 anos de idade.

Redação / NC
4 Out 2018

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Norte, com a colaboração do GIPS e do Posto do Marco de Canaveses da GNR, identificou e deteve, fora de flagrante delito, o presumível autor de dois incêndios florestais ocorridos nos últimos dias na localidade de Paredes de Viadores, concelho de Marco de Canaveses.

«O fogo terá sido provocado com recurso a isqueiro, com intencionalidade de queimar mato e provocar incêndio florestal, em locais escondidos, para a propagação se desenvolver de forma oculta», refere a autoridade judiciária.

Ao que foi possível confirmar, o suspeito terá ateado as ignições, aparentemente sob o efeito do álcool, abandonando o local de imediato, colocando assim em perigo as habitações existentes nas imediações.

«Os incêndios consumiram uma área total com cerca de aproximadamente 5,5 hectares, só não assumindo outras proporções devida à pronta e eficiente intervenção dos bombeiros», diz a PJ.

O detido, de 40 anos de idade, servente, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.





Notícias relacionadas


Scroll Up