Fotografia: Nuno Cerqueira

Incêndios “mais calmos” mas ainda ativos em Vieira do Minho e Cabeceiras

Vila Verde está com forte vigilância nos montes e Ponte de Lima controlado.

Nuno Cerqueira
4 Out 2018

Os concelhos de Vieira do Minho e Cabeceiras de Basto são dois dos concelhos no Minho que ainda apresentam incêndios ativos e concentraram o maior número de recursos.

Com duas frentes ativas, Cabeceiras de Basto lavra ainda um incêndio nas freguesia de Alvite e Passos.

«Mantém um efetivo de mais de 70 operacionais num teatro de operações que chegou a ter cerca de 100 elementos e vários meios aéreos», referiu fonte do comando dos bombeiros.

Muito mato e vento eram a principal barreira no combate às chamas. «Houve trabalho de limpeza que aqui não foi feito», revelou ainda a mesma fonte que está na frente das chamas.

Também em Vieira do Minho, já com o final de tarde a pintar a Serra da Cabreira, um incêndio surgiu em Guilhofrei. Com 56 operacionais no teatro de operações apoiados por 14 viaturas, as chamas ardem em zona de mato. Aqui também sem risco para habitações.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]

Foto: Nuno Cerqueira





Notícias relacionadas


Scroll Up