Fotografia: DR

Proprietários dos prédios no centro histórico podem pedir isenção de IMI até 15 de outubro

Apenas é preciso comprovar que os prédios na zona classificada encontram-se ocupados.

Redação
2 Out 2018

A Câmara de Guimarães divulgou hoje que os proprietários dos prédios localizados no centro histórico da cidade podem «solicitar o direito à isenção de IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) referente ao ano de 2018», desde que «comprovem documentalmente, até ao próximo dia 15 de outubro, que tais prédios se encontram ocupados».

A autarquia refere que «será organizada uma listagem com a identificação dos prédios (localização e artigos matriciais)», que incluirá a «estimativa da respetiva despesa fiscal, que será submetida à aprovação da Câmara Municipal para reconhecimento do direito à isenção».

Além de elementos de identificação predial, a Câmara destaca que «deverão ser apresentadas fotografia(s) do estado atual do(s) prédios, cópia do último recibo de renda – no caso de prédio arrendado -, cópia da última fatura de água, ou eletricidade ou gás, ou telefone fixo (no caso de proprietário residente), outro documento que comprove que o(s) prédio(s) se encontrava(m) ocupado(s) no mês anterior».

No caso de prédios para os quais já tenha sido concedida isenção de IMI em 2017, «está dispensada a apresentação da fotografia do prédio, mantendo-se a obrigatoriedade de apresentação dos restantes documentos».





Notícias relacionadas


Scroll Up