Fotografia: DR

Ponte medieval de passagem de peregrinos fechada ao trânsito motorizado

Em causa está a degradação da ponte das Tábuas.

Redação
1 Out 2018

A ponte das Tábuas, situada nos limites das freguesias de Aguiar, Balugães e Cossourado, em Barcelos, passa a ser exclusivamente pedonal, para preservar “um dos mais significativos monumentos” do Caminho Português a Santiago, anunciou hoje o município.

Em comunicado, aquele município do distrito de Braga refere que em causa está a degradação, durante os últimos anos, do piso daquela ponte medieval e a impossibilidade de se garantir a estabilidade estrutural, pela circulação de automóveis e principalmente de máquinas agrícolas.

Uma situação que “implica um risco” para a segurança do monumento e para os seus utilizadores, considera a Câmara de Barcelos.

Assim, a ponte ficará encerrada a todo o trânsito motorizado, destinando-se apenas à passagem de peões e de ciclistas.

O piso da ponte vai ser alvo de obras de conservação e de restauro, para a reposição de algumas lajes degradadas.

A ponte das Tábuas situa-se na extrema das freguesias de Aguiar, Balugães e Cossourado e está documentada desde 1135, tendo sido beneficiada durante os inícios do século XVII, por ocasião da reforma viária da dinastia Filipina.

Por aquela ponte sobre o rio Neiva passava a estrada medieval entre o Porto e Ponte de Lima, o acesso “mais importante” a Compostela em território português, durante as idades Média e Moderna.

Hoje, assegura o município, a ponte ainda é calcorreada por dezenas de peregrinos que todos os dias seguem pelo território de Barcelos em direção a Santiago de Compostela.





Notícias relacionadas


Scroll Up