Fotografia: Avelino Lima

Diretor da Católica lamenta falta de apoio do Estado

José Manuel Martins Lopes tomou posse como responsável pela Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais.

Rita Cunha
27 Set 2018

A Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa de Braga viu, hoje, ser empossado o seu novo diretor, o professor José Manuel Martins Lopes que, num discurso marcado pelo passado, presente e futuro da instituição e a sua missão na sociedade, teceu críticas ao Estado, acusando-o de não garantir igualdade social no que respeita a escolha do projeto educativo.

Para o responsável, o «esvaziamento do apoio do Estado a quem presta um serviço público não estatal» coloca as instituições numa situação de «desigualdade» e «à beira da asfixia financeira». Uma situação que «em nada beneficia uma sã concorrência entre instituições e projetos científicos educativos, estatais ou não».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up