Fotografia: Nuno Cerqueira

“Lili” sobreviveu 24 horas no interior de um poço

A cadela estava a 20 metros de profundidade num poço.

Nuno Cerqueira
24 Set 2018

Lili, uma cadela da raça podengo, sobreviveu mais de 24 horas no interior de um poço a 20 metros de profundidade. Esta manhã foi resgatada com sucesso pelos Bombeiros Sapadores de Braga (BSB).

O dono, Humberto Ribeiro, explicou ao Diário do Minho que foi à caça para o Monte das Caldas, freguesia de Sequeira, no domingo de manhã, quando Lili desapareceu.

«Não a vimos mais e fui com amigos procurar a cadela. Conseguimos a localizar, já na noite de ontem, num poço», contou, acrescentando que os BSB foram «incansáveis» no objetivo de salvar “Lili”.

Pelas 11h25 de hoje a cadela era retirada com sucesso do poço, depois de os bombeiros recorrerem, para além do resgate de grande ângulo, a uma retroescavadora para eliminar uma rocha de grandes dimensões que impedia a entrada de um homem no poço.

 





Notícias relacionadas


Scroll Up