Fotografia: DR

Empresário do ramo automóvel detido por burla e falsificação

O detido tem 32 anos e é empresário do ramo automóvel.

Redação
19 Set 2018

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, deteve fora de flagrante delito, o presumível autor de crimes de burla qualificada, falsificação e uso de documentos de veículos e recetação.

A detenção ocorreu no âmbito de investigação relacionada com um esquema de abuso de confiança, falsificação de documentos, legalização e venda de veículos furtados no estrangeiro.

Os veículos, na maioria provenientes de furtos ou conseguidos através de abuso de confiança, praticados no estrangeiro, eram encaminhados para Portugal e alvo de legalização, através de documentos falsificados, passando a circular como se de viaturas legalmente importadas se tratassem.

No decurso da investigação foi possível apreender duas viaturas de topo de gama, com valor individual superior a 100 mil euros, que se encontravam a circular em território nacional com matrículas estrangeiras e deter fora de flagrante delito o responsável pelo esquema fraudulento.

O detido, de 32 anos de idade, de nacionalidade portuguesa, empresário do ramo automóvel e já com antecedentes por este tipo de ilícitos, vai ser presente à competente autoridade judiciária para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.





Notícias relacionadas


Scroll Up