Fotografia: Nuno Cerqueira
GNR apreendeu arma e munições de homem que disparou contra o gato do vizinho

Crime aconteceu em Cabeceiras de Basto.

Nuno Cerqueira
14 Set 2018

Um homem de 51 anos foi constituído arguido, no concelho de Cabeceiras de Basto, depois de ter sido apontada como principal suspeito do crime de maus tratos a animais.

O dispara contra o gato do vizinho deu origem ao processo.

Segundo informações avançadas pela GNR, através do Posto Territorial de Cabeceiras de Basto, o processo levou mesmo à apreensão, hoje de manhã, de uma arma branca e várias munições.

«No âmbito de um processo por maus tratos a animais de companhia, que decorre há quatro meses, em que o visado é suspeito de ter desferido um disparo, com uma arma de pressão de ar, no gato do seu vizinho, os militares realizaram uma busca domiciliária, onde apreenderam 24 munições de diversos calibres e um punhal», confirmou a GNR.

O homem, de 51 anos, foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.




Notícias relacionadas


Scroll Up