Fotografia:
Forum Braga quer afirmar cidade no mapa dos grandes eventos nacionais e da Galiza

O Forum Braga vai ser inaugurado na terça-feira, dia 11 de setembro.

Redação
8 Set 2018

O Forum Braga, que vai ser inaugurado na terça-feira, quer «afirmar a cidade no mapa» dos grandes eventos culturais, económicos e desportivos nacionais e da eurorregião, com “especial ênfase” para a Galiza, mas de forma autossustentável.

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, explicou que a “revolução” a que o antigo Parque de Exposições de Braga foi sujeito, num investimento de 9,5 milhões de euros, pretendeu dotar o equipamento de “capacidade de atração de investimento”, o que terá reflexo na programação do espaço.

A cerimónia que vai marcar a abertura oficial do Forum Braga será presidida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, mas o equipamento, cuja gestão está a cargo da InvestBraga, está em funcionamento desde maio, tendo já recebido mais de 150 mil pessoas em eventos como a AGRO – Feira Internacional de Agricultura, o Greenfest ou o Festival Groove.

«O Forum Braga é um equipamento que queremos autossustentável, que sirva para acolher eventos do município e dos nossos parceiros, mas que se torne rentável e seja rentabilizado, não representando um encargo para a autarquia, ao contrário do antigo Parque de Exposições de Braga», salientou Ricardo Rio.

Segundo o autarca, «uma infraestrutura como o Forum vai dar condições a Braga para se afirmar no mapa dos grandes eventos, sejam de natureza cultural, desportiva ou económica, a nível nacional, já que tem a segunda maior sala de espetáculos do país, mas também no mapa da eurorregião, com grande ênfase para o Norte de Espanha».

Erguido no local onde funcionava o Parque de Exposições de Braga, construído na década de 80, o Forum Braga vai permitir ao município ter outro tipo de receitas.

Isto, «através de parcerias com empresas da área da comunicação e bebidas, que visam também dotar a InvestBraga [empresa municipal dinamizadora da atividade económica do município] de uma injeção orçamental que lhe permita, além de fazer face aos custos acrescidos de funcionamento do novo equipamento, alicerçar um maior arrojo na programação».

Para o presidente da câmara, a «transformação de um equipamento dos anos 80, que se vinha a deteriorar, é recuperar uma década perdida e lançar a semente para anos de imensa atividade».

A inauguração oficial do Forum Braga vai ficar ainda marcada por acolher “primeiro grande espetáculo” a decorrer no edifício.

«A vinda dos 30 Seconds to Mars à grande nave será, sem dúvida, marcante. A sala tem uma capacidade para receber mais de dez mil pessoas e está já esgotada», salientou.




Notícias relacionadas


Scroll Up