Fotografia: DR
Restaurantes vão ser relocalizados e casas demolidas na Apúlia

Relocalização de restaurantes e 200 demolições.

LUSA
25 Ago 2018

A Câmara de Esposende quer investir 14 milhões de euros na requalificação da zona ribeirinha de Apúlia, operação que implicará a «relocalização» dos restaurantes de Cedovém e a demolição de perto de 200 construções ilegais, avançou ontem o presidente.

Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara, Benjamim Pereira, referiu que os objetivos passam pela reposição da legalidade, uma vez que a esmagadora maioria das construções «tem génese ilegal», e pela transformação da zona «num dos mais importantes destinos turísticos da zona norte».

«Além disso, é importante lembrar que aquelas construções se encontram numa zona de risco, fortemente exposta à erosão costeira», acrescentou.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]




Notícias relacionadas


Scroll Up