Fotografia: António Silva

Escolas de Vimieiro e Morreira vão encerrar

Tudo a postos para o arranque do ano letivo

Carla Esteves
5 Ago 2018

As escolas do primeiro ciclo do ensino básico de Braga já estão a postos para a abertura do novo ano letivo, que se perspetiva sem constrangimentos de maior. Confirmado que está o não encerramento da EB1 do Coucinheiro, em Palmeira, há duas escolas que este ano letivo efetivamente não reabrirão portas, por falta de alunos, designadamente a Escola Básica da Morreira e a Escola Básica de Vimieiro.

A vereadora da educação da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias, realça que se tratam de questões meramente de ordem numérica, esclarecendo que em Morreira não existem crianças em número suficiente para constituir uma turma. O mesmo sucede em Vimieiro, cuja não abertura foi já confirmada pela DGEstE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, e que no último ano letivo esteve em funcionamento apenas com três alunos, dois dos quais do 4.º ano, tendo transitado este ano para o segundo ciclo do ensino básico. No primeiro caso, e se os encarregados de educação assim o entenderem, a escola de acolhimento é a EB1 de Trandeiras, ao passo que no segundo é a EB1 de Fradelos, também dentro do mesmo agrupamento.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up