Fotografia:

Foi à loja do cidadão e acabou detido pelo SEF

O passaporte será objeto de relatório pericial.

31 Jul 2018

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou hoje a detenção em Braga de um cidadão estrangeiro que pretendia efetuar a declaração de entrada em Portugal com um passaporte alegadamente falso.

Em comunicado, o SEF refere que o passaporte, no qual estavam apostos um visto Schengen e dois carimbos emitidos pelas autoridades francesas, «apresentava indícios de falsificação».

O documento foi detetado quando o homem se apresentou no posto de atendimento do SEF, na Loja do Cidadão de Braga, para efetuar a declaração de entrada em território nacional.

«Uma vez que estava ilegalmente no país, foi detido por permanência irregular», acrescenta.

Foi levado ao Tribunal Judicial de Braga, que determinou a sua colocação na Unidade Habitacional de Santo António, no Porto, enquanto aguarda pelos trâmites do processo de afastamento coercivo.

O passaporte será objeto de relatório pericial, após o que o detido será ouvido no âmbito de processo-crime por alegada prática de crime de falsificação ou contrafação de documento.





Notícias relacionadas


Scroll Up