Fotografia: Rodellus
Rodellus lamenta «aproveitamento político»

Organização do festival confirma que «não autorizou banca pedida pela JP de Braga».

Nuno Cerqueira
28 Jul 2018

A Associação Cultural Rodellus está indignada com o que considera ser «aproveitamento político» por parte do líder da Juventude Popular (JP) de Braga e do vereador da CDU, Carlos Almeida, que na passada reunião de Câmara se envolveram numa troca de acusações tendo como pano de fundo o Rodellus, festival de música que se realizou em Ruílhe, Braga.

O presidente da direção desta associação, Jorge Dias, confirmou ao Diário do Minho que o apoio do Município de Braga foi total, no entanto confirma «desconforto» do líder da JP após lhe ter sido negada a instalação de uma banca no festival.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]




Notícias relacionadas


Scroll Up