Fotografia: DR

Parque eólico flutuante ao largo de Viana do Castelo em consulta pública

Projeto de aproveitamento da energia das ondas orçado em 125 milhões de euros.

Lusa
24 Jul 2018

O parque eólico flutuante a instalar ao largo de Viana do Castelo encontra-se em consulta pública até 10 de agosto, informa a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) no seu sítio de Internet.

De acordo com a publicação relativa à conformidade ambiental da central eólica ‘offshore’ Windfloat Atlantic, hoje consultada pela agência Lusa, aquele “procedimento de verificação” teve início na segunda-feira e termina no próximo dia 10 de agosto.

Em causa está um projeto de aproveitamento da energia das ondas orçado em 125 milhões de euros, coordenado pela EDP, através da EDP Renováveis, e que integra o parceiro tecnológico Principle Power, a Repsol, a capital de risco Portugal Ventures e a metalúrgica A. Silva Matos.

A central eólica é composta por três aerogeradores, assentes em plataformas flutuantes ancoradas ao fundo do mar, similares às testadas no projeto WindFloat, que esteve implantado na Póvoa de Varzim, entre 2011 e 2016.





Notícias relacionadas


Scroll Up