Vídeo: Nuno Cerqueira

Festival decorre de 26 a 28 de julho na freguesia de Louro, concelho de Vila Nova de Famalicão.

Nuno Cerqueira
24 Julho 2018

Ai está o festival que tem como objetivo angariar fundos para a construção da Casa do Artista Amador. O “Laurus Nobilis Music”, simplesmente Laurus para os amigos, já vai para a quarta edição e esta ano nomes como “Septic Flesh”, “Dark Tranquillity”, “Tarantula” ou “Mata Ratos”, prometem estremecer a pequena freguesia de Louro, no concelho de Famalicão, entre os dias 26 e 28 de julho.

A comunidade junta-se em família para construir o festival que se centra na vertente da “música pesada”, ou simpaticamente apelidada por Paula Marques, da Associação Ecos Culturais do Louro, que organiza o Laurus, de “Rock Alternativo”.

«Temos três palcos, um deles é novidade. É um pequeno palco onde o público, qualquer artista que venha ao Laurus, pode tocar», refere Paula Marques, que ainda tem um outro palco com várias bandas de acesso gratuito e que torna a programação deste evento 75% à borla.

«Muitos vão até ali ver as bandas perceber o ambiente e acabam depois por comprar o bilhete para entrar na área do palco principal», refere ainda.

São esperadas, nos três dias mais de 10 mil pessoas, alguns vindo da Galiza e outros cantos da Europa, e que são recebidos pelos cerca de 100 voluntários que trabalham para o sonho da freguesia de Louro: a Casa do Artista Amador.

O Laurus está a crescer no mundo rural ao som da, como dizem os locais, «música pesada».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]

Cartaz e sítio do festival aqui.


Outros Vídeos

Scroll Up