Fotografia:
GNR apanha “foragido” condenado por crimes de roubo agravado e qualificado

Indivíduo condenado a cumprir 10 anos e seis meses de prisão efetiva.

20 Jul 2018

A GNR da Póvoa de Lanhoso deteve hoje um indivíduo, com 38 anos de idade, sobre qual recaía uma mandado de detenção para cumprimento de prisão  efetiva.

Ora, o caso aconteceu naquela vila de Maria da Fonte, depois dos militares terem achado «suspeito» o comportamento do indivíduo.

«Os militares ao se aperceberem do comportamento suspeito do indivíduo, abordaram-no, tendo este se identificado com um documento que não lhe pertencia», revela a GNR.

Perante a impossibilidade de identificar o cidadão por qualquer outro meio legalmente admissível, foi conduzido ao Posto Territorial a fim de se apurar a sua identidade.

«√indo-se a constatar que sobre este pendia um mandado de detenção, para cumprimento de pena de prisão efetiva de 10 anos e 6 meses, por quatro crimes de roubo e dois crimes de roubo agravado ou qualificado», disse a GNR.

O suspeito foi detido e conduzido ao Estabelecimento Prisional de Vale de Sousa. «Foi ainda constituído arguido por uso de documento de identificação alheio a fim de se eximir à identificação perante a força policial no local», vaticina a GNR.




Notícias relacionadas


Scroll Up