Fotografia: DR
Feira de Artesanato de Vila do Conde renova imagem e reorganiza recinto

Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde vai prolongar-se até dia 05 de agosto.

Redação
20 Jul 2018

A edição de 2018 da Feira Nacional de Artesanato (FNA) de Vila do Conde, que é inaugurada no sábado, vai apresentar este ano uma renovada imagem e avançar para uma reorganização interna do recinto, revelou a câmara.

A organização certame, um dos mais antigos do país que acontece de forma sucessiva há quatro décadas, quer assumir um “posicionamento mais contemporâneo e atrativo”, apostando para esta edição numa decoração alusiva aos 700 anos do Mosteiro de Santa Clara, o mais icónico edifício de Vila do Conde.

“Será, mais uma vez, um grande evento, em que toda a população e quem nos visita tem muita expectativa. Este ano decidimos refrescar a imagem da feira e toda a sua apresentação, fazendo alusão aos arcos e ao nosso mosteiro, que completa 700 anos de existência”, explicou a presidente da câmara municipal, Elisa Ferraz.

Mais uma vez, o artesanato de todas as regiões do país estará representado neste certame, algo que continua a ser um motivo de orgulho para autarca.

“Não abdicamos de trazer até Vila do Conde artesãos de referência, que vão mostrar o que de melhor se faz nesta área no nosso país”, vincou Elisa Ferraz.

E porque esta é o ‘Ano Europeu do Património Cultural’ a Feira de Artesanato de Vila do Conde vai dedicar particular atenção aos artesãos selecionados pelo IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, instituindo o Prémio Nacional do Artesanato, nas categorias “Carreira”, “Inovação” e “Novos Talentos”.

Numa atividade paralela, estará patente no Teatro Municipal uma exposição fotográfica apelidada ‘Património Imaterial’, que reúne uma seleção de 42 trabalhos dos 462 que concorreram, no ano passado, ao concurso Fotografia FNA.

A Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde, que se realiza nos Jardins da Avenida Júlio Graça, abre portas no sábado e vai prolongar-se até dia 05 de agosto. A entrada é gratuita e os visitantes poderão apreciar no recinto o trabalho de mais 200 artesãos de todo o país.





Notícias relacionadas


Scroll Up