Fotografia: GNR

Mais de sete mil peças de vestuário apreendidas na A11

Apreensão realizou-se na A11 em operação de fiscalização.

Nuno Cerqueira
19 Jul 2018

Uma operação de fiscalização na zona da A11 em Braga terminou com a detenção de um indivíduo, de 44 anos de idade, pela GNR, através da Unidade de Ação Fiscal do destacamento do Porto.

Os militares detetaram cerca de 7400 artigos contrafeitos, no decorrer de uma ação de fiscalização rodoviária na passada terça-feira, mas que só hoje foi conhecida.

«Entre o material apreendido encontravam-se peças de roupa interior, polos, t-shirts e calças, tendo sido elaborado um auto de notícia pelo crime de contrafação e identificado um homem de 44 anos», confirma o comandante de Ação Fiscal do Porto, major Babo Nogueira.

«O objetivo principal destas apreensões é garantir o cumprimento dos Direitos de Autor e Direitos Conexos e da Propriedade Industrial», acrescentou ainda o major.

Estas ações visam essencialmente o combate à contrafação, ao uso ilegal de marca e a venda de artigos contrafeitos.

«Uma vez que o uso ou o consumo deste tipo de produtos podem ser perigosos para os consumidores devido à falta de controlo durante a sua produção e do respeito pelas condições de segurança», destaca a GNR.





Notícias relacionadas


Scroll Up