Fotografia: Nuno Cerqueira: Sala dos Retratos com dois novos rostos

? Brejoeira apresentou livro único, dois retratos e um órgão de tubos para renovar

Apresentação do livro “Palácio da Brejoeira – Dois séculos de história”.

Nuno Cerqueira
14 Jul 2018

A administração do Palácio da Brejoeira, Viticultores SA, apresentou hoje ao final do dia, em uma hora, dois séculos de história de um palácio, em livro, dois retratos, em quadros, que completam a sala dos antigos donos do Palácio, e anunciou uma adaptação de restauro do secular órgão de 954 tubos.

Em cerimónia (veja aqui as fotos), com a ausência notada da edilidade mas com direito a quarteto de cordas de música e um tradicional Alvarinho de Honra, a administração daquele palácio de Monção lançou o livro de autoria de Ernesto Português ao público – mil exemplares – que é também uma homenagem à última proprietária do Palácio da Brejoeira, Maria Ermínia Paes, que faleceu em dezembro de 2015.

«Para além da paixão que ela tinha pelo Palácio, Maria Ermínia Paes fez também muita coisa boa por Monção. É essencialmente esse o objetivo do livro, que também pretende continuar dar luz a este imóvel classificado como Monumento Nacional», destacou o administrador da sociedade Palácio da Brejoeira, Viticultores SA, Emílio Sousa Magalhães.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]

 





Notícias relacionadas


Scroll Up