Fotografia: Facebook
GNR não resistiu aos graves ferimentos e foi declarado óbito

Acidente aconteceu em Figueiredo, na EN308, concelho de Amares.

Nuno Cerqueira
12 Jul 2018

O GNR vítima de acidente em Amares, depois de colisão com carro quando seguia de mota, não resistiu aos graves ferimentos e acabou por falecer no Hospital de Braga.

Miguel Viana, com 30 anos, estava afeto ao destacamento territorial da GNR da Póvoa de Lanhoso e era natural de Dornelas, Amares.

 





Notícias relacionadas


Scroll Up