Fotografia: GNR
GNR apreende sapatilhas, vestuário e carteiras num total de 763 artigos contrafeitos

Apreendidos 443 pares de sapatilhas, 161 artigos têxteis e 129 bolsas e carteiras.

Nuno Cerqueira
12 Jul 2018

A GNR, através dos militares do posto territorial de Amares sob comando do destacamento da Póvoa de Lanhoso, apreendeu 763 artigos contrafeitos em Amares. Segundo nota de imprensa do comando da GNR de Braga, a operação decorreu na feira semanal, ontem, e constitui arguidos um casal, de 53 e 42 anos de idade.

«Foram apreendidos 763 artigos contrafeitos, destacando-se 443 pares de sapatilhas, 161 artigos têxteis e 129 bolsas e carteiras», confirmou a GNR.

A operação envolveu um total de 32 militares e contou com a colaboração do Pelotão de Intervenção Rápida (PIR) de Braga.

«O objetivo principal destas apreensões é garantir o cumprimento dos Direitos de Autor e Direitos Conexos e da Propriedade Industrial, visando essencialmente o combate à contrafação, ao uso ilegal de marca e a venda de artigos contrafeitos, uma vez que o uso ou o consumo deste tipo de produtos poderão ser perigosos para os consumidores, devido à falta de controlo durante a sua produção e do respeito pelas condições de segurança», explicou a GNR em nota enviada às redações.

Os detidos foram presentes a tribunal.




Notícias relacionadas


Scroll Up