Fotografia: DR
Priscos procura apoio para reclusos no Orçamento Participativo Portugal

A paróquia de Priscos, do arciprestado de Braga, acaba de apresentar o projeto “Fronteira” ao Orçamento Participativo Portugal 2018. Trata-se de um programa regional concebido para dar resposta às dificuldades de reinserção social associadas à população reclusa.

Redação
12 Jun 2018

Com o número 544, “Fronteira” é o projeto regional concebido para dar resposta às dificuldades de reinserção social associadas à população reclusa que, apesar de se encontrar em condições de poder beneficiar de liberdade condicional, não pode dela usufruir plenamente, por ausência de enquadramento sóciofamiliar no exterior, e ainda a indivíduos em termo de pena nos quais seja identificada a mesma vulnerabilidade.

 

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]




Notícias relacionadas


Scroll Up