Fotografia: Nuno Cerqueira

Tribunal de Braga aplica penas suspensas a mãe, avós e tio por fuga com criança

Os quatro foram condenados por sequestro agravado.

Redação/Lusa
6 Jun 2018

O Tribunal Judicial de Braga condenou hoje a três anos de prisão, com pena suspensa, a mãe e a avó de um menino de dois anos que levaram a criança para o estrangeiro, para impedir o pai de a visitar.

No processo, foram também condenados o avô e um tio da criança, cada qual a dois anos e nove meses de prisão, igualmente com pena suspensa. Os quatro foram condenados por sequestro agravado.

A 9 de junho de 2016, a mãe, de 38 anos, e a avó, de 72, ambas médicas, fugiram com o menino para o Dubai. A fuga demorou um ano e um mês, tendo passado ainda pela Índia, Nepal, Brasil e Qatar.

O plano foi “alimentado” pelo avô e pelo tio da criança, nomeadamente através da disponibilização do dinheiro necessário para o efeito.





Notícias relacionadas


Scroll Up