Vídeo: Nuno Cerqueira

Felgueiras, Amarante, Celorico de Basto, Póvoa de Lanhoso, Guimarães e Lousada foram os concelhos alvo.

Nuno Cerqueira
14 Maio 2018

Um taxista e um amigo são suspeitos de terem cortado mais de 1100 garrafas de bebidas alcoólicas de hipermercados para depois vender em cafés. Aveiro, Porto e Braga foram o distrito alvo desta dupla que acabou apanhada pelo GNR da Póvoa de Lanhoso.

O Comando Territorial de Braga, através Destacamento Territorial de Póvoa de Lanhoso realizou 27 buscas e além do álcool, encontrou tabaco, droga e armas.

Felgueiras, Amarante, Celorico de Basto, Póvoa de Lanhoso, Guimarães e Lousada, foram so locais das 17 buscas domiciliárias e em estabelecimentos de restauração.

Da ação resultou a identificação de 12 indivíduos, dos quais, quatro homens, com idades compreendidas entre os 30 e 60 anos, foram detidos, um por tráfico de estupefacientes outro por posse de arma ilegal e dois por furtos em estabelecimentos. Os restantes estão indiciados pelo crime de recetação, sendo na sua maioria proprietários dos estabelecimentos de restauração e bebidas.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]


Outros Vídeos

Scroll Up