Fotografia: DR

Gado de Terras de Bouro “emigra” para a serra do Gerês até ao final do verão

Serão guardados, à vez, pelos proprietários, advindo daí o nome de “vezeira”.

Redação/Lusa
8 Mai 2018

O gado das freguesias de Vilar da Veiga e Rio Caldo, em Terras de Bouro, “emigra” no domingo para a Serra do Gerês, onde permanecerá até ao início do outono, sendo guardado à vez pelos vários proprietários.

Antes de partirem para a serra, os mais de 100 animais “desfilarão” pelo centro da vila do Gerês, numa espécie de “festa de despedida” organizada por uma associação local.

“A subida do gado à serra nos meses mais quentes, à procura dos melhores pastos, é uma tradição secular que não queremos deixar morrer”, disse à Lusa Miguel Teixeira, presidente da Associação Lírios do Gerês.

Por isso, este será o 14.º ano em que a associação promove a “Subida da Vezeira”, com uma festa que começa no sábado e que tem no domingo o seu “dia grande”.

Os animais permanecerão na serra até meados de setembro, regressando quando as temperaturas começarem a descer.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho de amanhã]





Notícias relacionadas


Scroll Up