Fotografia: Francisco de Assis

Autarca de Vila do Conde fala em “polémica fabricada” sobre obras da paróquia

Presidente da Câmara não entende que a obra vá servir para fins sociais.

Redação/Lusa
8 Mai 2018

A presidente da Câmara de Vila do Conde, Elisa Ferraz, considerou hoje que se “está a fabricar uma polémica” em torno da recusa da autarquia em apoiar financeiramente as obras de remodelação do Centro Paroquial local.

A questão surgiu na última sessão da Assembleia Municipal, na qual os deputados do PS, maior força de oposição, propuseram um voto de louvor à Paróquia do São João Baptista e a concessão de um apoio financeiro para a empreitada de remodelação do edifício da Centro Paroquial Padre Porfírio Amorim, orçada em 1,5 milhões de euros.

Os socialistas consideraram que a remodelação do edifício “seria importante”, destacando que no local se presta “um serviço público, uma vez que no espaço 600 crianças frequentam a catequese”.

Visão diferente tem a presidente da câmara, que não entende que a obra vá servir para fins sociais e, apesar de lembrar que “o Estado é laico”, está disposta a prestar um apoio apenas em termos de isenção de taxas e licenças municipais para a construção do equipamento.





Notícias relacionadas


Scroll Up